Sábado , 26 Setembro 2020
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Londres 2012

Londres 2012


Decidimos fazer esse post para todos os amantes de desporto e também para quem acompanha Kuroko no Basuke. Hoje terminam os Jogos Olímpicos de Verão de 2012 ou seja as XXX Olimpíadas, evento que contou com 204 países, 10000 atletas, 26 esportes e cerca de 5 milhões de pessoas estiveram assistindo ao vivo a várias modalidades e eventos que ocorreram desde o dia 27 de Julho até 12 de Agosto.

Brasil

Vamos começar por analisar a prestação do Brasil. Como já é tradição todas as apostas foram para o Futebol, Voleibol e Judo, e foi nessas modalidades que o Brasil mais mostrou.

No Futebol poderemos dizer que aconteceu o mais “esperado”, Brasil demonstrou que tem do melhor talento do planeta mas quando chega na hora decisiva demonstra que não existe trabalho de equipe, esse time me fez lembrar o time do Aomine onde o Neymar quer fazer tudo sozinho, enfim felizmente conseguiram a medalha de prata e deu para ver que virão grandes estrelas no futuro.

No Judo Sarah Menezes mostrou arte de lutadora e garra e assim conquistou a medalha de ouro, os restantes lutadores demonstraram também que o Brasil tem um excelente escola no Judo.

No Volei o Brasil atingiu as duas finais, infelizmente só ganhou uma, mas ficou a ideia de que é o país mais forte na modalidade quer masculina como feminina, no futuro estaremos esperando mais medalhas do Volei.

Nos restantes esportes Brasil também esteve bem, vale a pena referir aqui as boas prestações de Esquiva Falcao Florentino no Boxe que perdeu para um japonês e Arthur Nabarrete Zanetti que venceu na Ginástica Artistica, pessoalmente achei que no Atletismo estiveram mal, excepto na maratona onde conseguirão boas classificações e por pouco não conseguiram uma medalha.

Brasil teve um prestação razoável, não fez nada de brilhante mas também não desiludiu, ainda têm muito para dar e daqui a 8 ou 12 anos penso que o Brasil fará um prestação brilhante e se afirmará como uma potência do desporto mundial.

Portugal

A melhor palavra para definir a prestação de Portugal nesses jogos é “miséria”. Apenas conseguiu uma medalha que foi ganha por Emanuel Silva e Fernando Pimenta na Canoagem. As únicas prestações que valem a pena referir e que superaram as expectativas foram no Ténis de Mesa onde em equipas conseguiram chegar aos quartos de final e quase vencer a Coreia, e na Maratona feminina conseguiram um bom resultado por mérito de Jéssica Augusto que ficou em sétimo e fez uma grande prova.

Pessoalmente penso que em Portugal o desporto está sendo esquecido, o povo e o governo apenas se focam no Futebol e acabam se esquecendo que podem ter mais conquistas nos restantes desportos, ficamos esperando por um futuro melhor.

Japão

Para terminar vamos analisar a prestação do Japão. Penso que toda a gente que assiste anime já sabe que no Japão tal como nos EUA, desde o colegial que se trata o desporto como algo sério e que será o futuro de muitos jovens. Talvez por isso o Japão sempre faça boas prestações como neste ano onde conseguiram 38 medalhas. Não vamos comentar tudo o que ganharam mas apenas as vitórias mais marcantes.

Pessoalmente comecei a acompanhar o Boxe devido a assistir e ler a manga de Hajime no Ippo, este ano fiquei assistindo às finais e para minha surpresa um dos combates foi entre um brasileiro que já falei antes e um Japonês que é Ryota Murata, foi um combate muito renhido e se o brasileiro não tivesse sido penalizado pelo arbitro, talvez tivesse levado a vitória, mas isso não aconteceu e Ryota Murata se consagrou campeão, pela primeira vez em muitos anos o Japão ganhou medalha de outro no Boxe.

No Judo como seria de esperar, o Japão dominou e penso que poderia e devia ter levado mais medalhas de ouro, este sempre em quase todas as meias finais das várias classes do Judo, mas infelizmente das 7 medalhas que ganhou apenas 1 foi de ouro.

Na Luta Livre também como esperado o Japão esteve muito bem e levou 4 medalhas de ouro, neste competição eu nada vi, mas penso que pelos resultados o Japão esteve muito bem.

Para terminar gostei de assistir aos nadadores do Japão que apesar de não levaram nenhuma medalha de outro ganharam 11 medalhas ao todo e demonstraram que na Natação o Japão no futuro ainda pode fazer melhor e trazer mais conquistas.

Mais uma vez ficou demonstrado que através da disciplina e organização do Japão desde as idades muito jovens dá resultados, e no futuro penso que o Japão continuará a ser uma das potências mundiais do desporto.

Conclusão
Foram uns jogos muitos bons, a nível de tudo desde a organização até à competição, Michael Phelps conseguiu o recorde de ser o atleta mais medalhado de sempre com 22 medalhas(6 foram ganhas este ano), e Usain Bolt consegui repetir o feito de 4 anos atrás e é o único atleta que conseguiu vencer em dois jogos consecutivos os 100M e os 200M. Mo Farah fica também no coração dos Britânicos, pois ganhou os 10000M e os 5000M um grande feito para essa nação. Adorei a cerimónia de abertura e estou neste momento vendo a de encerramento, penso que foram 2 semanas cheias de alegria e emoção, e para finaliza daqui a 4 anos há mais, esperemos todos que o Moshi Moshi ainda exista e que eu possa estar fazendo uma análise como essa. Para quem quiser conferir aqui fica o link para o site oficial dos jogos: http://www.london2012.com/

P.S. – Se não faz um desporto, pense em fazer pois é do melhor que há para a saúde e para o bem estar, abraço!

Veja Também

Kizumonogatari 01v3, 02v2 e 03 (e uma notícia)

E aí, pessoal, tudo bem? Já faz algum tempo que eu, o AntsyPuppet, não lanço …

Um Comentário

  1. Interessante. Olimpíadas coincidiram em sua maior parte com minhas férias da faculdade, então pude acompanhar muitas competições.
    Sobre o Brasil, achei uma boa participação, como disseste, nada brilhante. Quanto as modalidades mencionadas, concordo com as observações em geral. Achei que a natação podia ter sido um pouco melhor planejada, que a Fabiana Murer do Atletismo tem que se benzer, que a ginástica também sofreu com decisões erradas (corte da talvez principal atleta do feminino) e até azar em apresentações. Ressalto o retorno do Basquete masculino, com uma seleção forte, inclusive. Só achei tua visão otimista demais quanto a nos tornarmos potência olímpica. É um problema da nossa ridícula política de educação.
    Quanto a Portugal, não posso falar nada, eu mesmo em termos de esporte só conheço o futebol dos patrícios, mas realmente me parece uma campanha pífia.
    Já em relação ao Japão, imagino que eles deverão inclusive aumentar seu número de medalhas nas próximas olimpíadas, pois ouvi em algumas transmissões que o Comitê Olímpico Japonês estava decepcionado com algumas modalidades, inclusive com o Judô, onde segundo comentaristas da ESPN, já em Pequim 2008 a campanha com 4 ouros, 1 prata e 2 bronzes foi definida como aquém das expectativas.
    Boa recomendação no PS, grande parte dos nerds, otakus, etc não gostam nem de consumir obras relacionadas a esporte, muito menos praticar… =\

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *